Muito bom te ver aqui

7 de março de 2012

E o Oscar de palhaçada do ano vai ? para o Brasil

Eu me lembro de que quando criança eu assistia na TV e via algum politico sendo preso meu avô já dizia 
- Daqui a pouco ele já estará de volta, o Brasileiro tem memoria curta, logo esquece muitos anos se passaram e nada mudou, mas...
Porra mais e não e memoria curta já e amnésia completa 




ACHAM QUE TODOS ESQUECEM DOS BANDIDOS DO PASSADO QUE TENTAM VOLTAR NA SURDINA....

Trata-se da ex-procuradora do INSS, Jorgina de Freitas, que em 1992, foi condenada junto com o juiz Nestor José Nascimento e o advogado Ilson Escóssia por fraudes que desviaram R$ 310 milhões do INSS. Posteriormente, Jorgina foi condenada a devolver aos cofres públicos R$ 200 milhões. Ela fugiu do Brasil e foi presa na Costa Rica, em 1997.

Agora, embora continue cumprindo pena Jorgina de Freitas passou ao regime semi-aberto, porque conseguiu um emprego. Adivinhem o que ela faz? Foi contratada pela CEDAE e hoje, assessora o presidente da empresa, Wagner Victer. Acreditem se quiserem.

Jorgina é a maior fraudadora da Previdência Social, que o Brasil já conheceu.

Bem, uma pergunta não quer calar. Que tipo de assessoria Jorgina de Freitas pode estar prestando a Wagner Victer? Bem, de água ela não entende, mas de fato, é inegável, passou uma boa parte da sua vida “chafurdando no esgoto”, desviando dinheiro dos aposentados e pensionistas.

A CEDAE é um “mar de esgoto”, de tantas irregularidades praticadas na gestão de Wagner Victer. Talvez por isso, Victer convocou os “prestimosos serviços” da maior fraudadora do INSS da história.
Fonte: terra




Ajude : ALERTA DAS ABELHAS - AJA AGORA! http://corderosachoque22.blogspot.com/2011/01/silenciosamente-ao-redor-do-mundo.html

2 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Deve tá assessorando o tal Wagner a como roubar mais... rs

Beijocas

Andréa disse...

Bom dia Lidia!!! É brincadeira isso, eu fiquei sabendo disso um tempo atrás, o país todo vai mal...eu estou ficando com vergonha de ser brasileira.

beijos