Muito bom te ver aqui

10 de outubro de 2010

Plexo braquial, Guilherme estava vencendo, pois ele e um campeão !

Guilherme nasceu com lesões do plexo braquial (wikipedia) esse tipo de lesão apesar  de todo mundo saber que e um erro medico, mas nenhum medico afirma isso, eles dizem que seria falta de ética, eu digo que e falta de vergonha.

As principais consequências em lesões do plexo braquial são paralisia total ou parcial do braço, ombro, mãos e antebraço, além de transtornos de sensibilidade e dependendo do caso dor. Nas regiões onde não existe recrutamento de fibras musculares irá ocorrer atrofia muscular.

Mas a historia do Guilherme não parou ai, seus pais Raquel (minha irmã) e seu marido Fabio, não param um minuto deste a saída do hospital, foram muitas pesquisas na internet, muitos e-mail trocados com pais que passavam pela mesma coisa, muitos médicos, fisioterapia, cirurgias.

O esforço esta valendo a pena, digo isso porque Guilherme esta com 08 anos, apesar da sua limitação que tem e uns dos braços, quase não se nota a diferença, além disso, seus pais  o tratam normalmente, pois ele faz natação, boxe, judô, mas Guilherme terá que fazer mais uma cirurgia , esperamos que seja ultima.

Mas estou contando essa historia na verdade e para falar do meu orgulho por esse sobrinho, pois ele ganhou um campeonato de judô, ele ficou com o primeiro lugar. Apesar de eu achar que ele merecia uma medalha todas as vezes que ele tinha que fazer fisioterapia, todas as vezes que ele fez cirurgias, por ter conseguido fazer natação, boxe, judô.  
Guilherme e um menino muito feliz, alegre, muito inteligente e esperto, ele sempre te uma resposta na ponta da língua.

Meu pai não e muito de demostrar carinho e como acostumamos com isso criou uma barreira, temos um pouco de vergonha de ficar beijando e abraçando, mas isso não ocorre com o Guilherme, sem meu pai esperar a qualquer hora e agarra e beija e abraça e diz,
- Vô você e lindo!

Ele também tem das suas, principalmente com a Vivi sua fisioterápica deste de recém- nascido, um dia na Fisioterapia ele tinha que fazer uns exercícios e consentia em passar na parede uma esponja e fazer círculos, quadrados, então quando a Vivi pediu para ele fazer por  mais 2 minutos, com a cara de travesso ele disse.
- Você não quer que faça exercícios, você quer que limpe a sua parede.
Ou quando ele tinha que fazer um exercício com o braço e dóia, e a Vivi tinha que contar ate 10 , ele logo dizia.
-  Hooo...Conta mais rápido né

Esse e um pouquinho do Guilherme, ele e travesso como todo menino da sua idade.
Mas o que me comove e demonstração de amor que ele tem pelos pais, da para sentir a adoração e ele tem por eles, ele e muito sensível e amoroso e demostra isso, mas só quando ele quer e com quem ele quer, não adianta fazer chantagem para ganhar um beijo ou abraço, ele tem personalidade, eu ate o entendo, pois ele tem seis tias famintas por beijos e carentes rsrsr ó dó.
 Parabéns Guilherme pela medalha, mas para mim, você e um menino de ouro!
Te amo

Guilherme e sua mãe Raquel 

 



12 comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

que história bonita, de superação!
o triste erro médico, que acabou resultando na lesão... que triste isso.

o menino é mto esforçado e os pais são especiais, se dedicaram com mto amor.

esse seu sobrinho é um menino de ouro! dê um abraço nele por mim!

bjs e bom domingo

Elaine Gaspareto disse...

Lídia, que menino lindo!
Parabéns a ele pela garra!
Beijossss

Majju disse...

Olá!!! Bom dia!!!
Parabéns ao Guilherme pela medalha, pela luta e principalmente pela linda família que ele tem. E parabéns à toda família por ter o Guilherme.
Tenha um lindo dia.
Beijos doces e perfumados no coração - pro Guilherme tbém tá?

Andréa disse...

Bom dia menina!!! História linda...parabéns amiga pelo seu sobrinho...Nossa fiquei imaginando a superação desse pequeno menino que já passa por tantas coisas, foi muito bom vc contar a história do Gui...é uma superação só...e o amor e carinho com os pais e com todos que estão a sua volta é lindo, mas isso amiga é Papai do Céu que está sempre do lado dessa criança linda e que sempre vai ajudá-lo nas horas mais difícil que é a cirugia.

beijos amiga e manda uma abraçao e um beijão no Guilherme e fala com ele que do outro lado dessa telinha tem muita gente torcendo por ele em todas as suas competições.

Bordados e Retalhos disse...

Lídia que história linda. Nossa me emocionei em cada parágradfo. Guilherme nmasceu para ser campeão e paranos dar uma lição de vida. parabéns aos pais dele e a toda a família. Bjs

Daniel Savio disse...

A dificuldade muita vezes se torna o melhor professor, mas com certeza a lição fica menos amada quando se há amor envolvida...

Fique com Deus, menina Lidia Ferreira.
Um abraço.

Socorro Melo disse...

Oi, Lídia!

Fantástica a história do Guilherme. Acho belas as histórias de superação de limites. Pessoas que passam por isso, normalmente são grandes vencedoras. E curioso, é que também são carismáticas, amorosas, carinhosas, e acabam unindo as famílias,com muito amor. Parabéns ao Guilherme pela medalha, e aos seus pais, incansáveis batalhadores. E ele é lindo também, hein?

Bela homenagem!

Beijos
Socorro Melo

VaneZa disse...

Ele é um menino de ouro e muito gato também, né? Coisa mais fofa!!! Deve dá vontade de encher de beijo mesmo.
Tão novinho e com uma grande história de superação... que bacana.
Morri de rir com ele mandando a fisio contar mais rápido rs.

Beijozzz querida... obrigada pela visita.

Elaine Barnes disse...

Ele já é um prêmio né amiga!? Parabéns!!! Crianças são puras e superam muito mais depressa as limitações e aceitam carinho e incentivo. Esse seu sobrinho é um fofo ,um herói!
Montão de bjs e abraços

Silvia disse...

Lídia...

Olha não existe ensinamentos mais valioso que dos nossos pimpolhos. Parabéns pelo sobrinho e à ele pelos pais e força. O amor torna tudo mais leve e a pureza das crianças é o que existe de mais belo. Sei como é isso..

Beijos

pate disse...

fiquei feliz com esta historia, pois tenho um filho que tem o mesmo problema, e o meu filho tbm chama guilherme mais ele tem cinco anos, fiquei mais feliz que sabendo que o guilherme faz judô, eu posso colocar meu filho tbm, pois ele quer fazer de qualquer jeito, mas pensei que ele não podia. mto obg. por ter colocado este testemunho na internet.
melhora sempre para os dois gui.

magdália disse...

que lindo,olha meu bb também nasceu com esse tipo de lesão,melhor dizendo meus dois bbs,teho uma filhinha de cinco anos e um filhinho de um aninho e todos tem essa lesão no braciho ,minha filha quase ñ se percebe mais,mais o meu filhinho esta fazendo fisioterapia,espero que fique bom logo e seja um campeão como guilherme,linda hitoria obg!