Muito bom te ver aqui

16 de junho de 2009

Parada Gay

SP: explosão de bomba fere 23 após a Parada Gay

Um grupo de participantes se reuniu no Largo do Arouche, no Centro. Foi ali que uma bomba caseira deixou estragos e feridos. O preconceito é uma das hipóteses investigadas pela polícia.


O preconceito é uma das motivações investigadas pela polícia para os atos de violência durante a Parada Gay, em São Paulo. Uma bomba caseira foi jogada contra um grupo de jovens e deixou 23 feridos.
A galeria de arte abriu na manhã desta segunda com uma das portas quebradas. “Fui abrir o portão, aí vi tudo esmiuçado”, contou um homem.
Depois que a Parada Gay acabou, um grupo de participantes se reuniu no Largo do Arouche, no Centro de São Paulo. Foi ali que uma bomba caseira deixou estragos e feridos: 23 pessoas.

GLOBO

Um comentário:

Gustavo disse...

Próximo Sábado dia 20/Junho ás 19h, na Vieira de Carvalho (República), acontece um mega protesto contra as violencias homofobicas que aconteceram na Parada Gay desse ano!! DIVULGUEM!