Muito bom te ver aqui

2 de maio de 2011

Relaxa, não esquenta mãe! GRRRRRRRRRRRR!!!

 
Filho quando nasce vem sem manual de instruções, a única coisa que vem junto para ajudar e o instinto materno, que vai aflorando a cada dia que passa.
Pois bem, isso todos nós sabemos, mas o que eu gostaria de saber é quando esse bendito instinto vai diminuir? Quando vou deixar de ser tão mãe?
 Estou tão confusa!

O que me levou a esse dilema foi que, apesar do crescimento dos meus filhos, esse instinto não diminuiu, eu ainda me preocupo com quase tudo, eu tento mandar um recado para o meu cérebro dizendo o seguinte.
 – Eles já estão grandes, eles podem se virar sozinho, pense mais em você.
Ai escuto uma voz.
- Como assim? Eu não posso deixar de ser mãe de uma hora para outra
-ok, mas vá com calma, pergunte então só o necessário, sem stress.
Respiro fundo, assim que meu filho chega em casa, com toda paciência e com cara de quem não estou preocupada , eu pergunto.
- Quer jantar?
- Não, depois eu me viro.
Me seguro o máximo, mas não adianta.
- Você não pode ficar sem jantar, aproveita que esta tudo fresquinho e quentinho.
- Relaxa mãe, depois eu esquento no micro.
Grrrrrrrrrrrrrrrr , afffffffff ,
 Imagino na hora o micro voando por cima da cabeça dele, mas... Conto ate 10
Outro filho chegando do trabalho, depois do jantar, liga o computador.
- Filho não vá ficar mexendo no micro ate tarde, vem jantar.
-Ta, não esquenta.
(toda paciência todo mundo)
- Filho você anda dormindo muito tarde.
-Ta, pode deixar, relaxa.
GRRRRRRRRRRRR
Falando, usando uma delicadeza forçada, entre os dentes. 
-Ta? Acontece que você levanta cedo para trabalhar, vai passar o dia todo com sono, pode até ser perigoso.
Ai vem à facada final
-Ta bom, eu sei o que estou fazendo, pode deixar. Relaxa
Sexta feira, 1h30 da manhã, dois filhos em casa com alguns amigos, eu tranquila me arrumando para dormir, filho entra no quarto.
-Mãe, vou dar uma saidinha,
-Vão a onde há essa hora? Já está tarde
- Vamos ao mercado 24h comprar umas coisinhas
-Filho já é tarde, pode ser perigoso, eu já ia dormir.
La vem
-Não esquenta, pode ir dormir tranquila. (eu não acredito que ele terminou a frase com a palavra tranquila)
Olho bem para a cara dele, e na hora me imagino puxando sua orelha e dizendo-(Como posso dormir tranquila com vocês na rua), mas não posso mais fazer isso, agora são homens, tenho que aprender a... Como eles dizem relaxar, não esquentar, não estressar.
 Esta difícil essa nova mudança, eu não consigo encontrar o botão de desligar, não quero ser rotulada como uma mãe chata, sei que sou uma boa mãe , sou amiga, adoro conversar com meus filhos, sou até um pouco liberal; Ai você vai dizer
Se você é tudo isso, senta e conversa com seus filhos .
E é ai que te repondo o que eles vão me responder.
-Relaxa mãe, não esquenta, não estressa, nós sabemos que estamos fazendo.

Agora eu estou aprendendo a trocar algumas frases.
Em vez de
 Vem jantar, por- Quer jantar?
 Ta na hora de ir dormir, por - Não vai dormir muito tarde.
 Vai a onde há essa hora? , por - Você vem dormir em casa?
A única coisa que não consegui ainda, e ir dormir sem que eles estejam em casa.
E devo confessar que às vezes passo no quarto deles e os vejo dormindo, eu agradeço a Deus por esse momento.
Ai! Será que vou conseguir deixar de ser tão mãe? Ou deixar de me preocupar tanto?
Alguém tem alguma receita, ideia, reza,  argumento, magia, encantamento, serve ate a receita da vovó.

  Ajude : ALERTA DAS ABELHAS - AJA AGORA! http://corderosachoque22.blogspot.com/2011/01/silenciosamente-ao-redor-do-mundo.html

10 comentários:

Lufe disse...

Lidia, relaxa, não esquenta, não estressa.....rsrsrs

Eu no alto dos meus muitos enta, aida ouço até hoje:
-Você não vai jantar, menino? Você não se cuida!

Adivinha qual é a resposta?.....rsrsrs

bjo

✿ chica disse...

Rssssss...me vi direitinho nessa.E imagina quefoi com 4 filhos...
Depois sairam de casa e fica a calma...nem tanta pois casam, descasam voltam, recasam e assim vamos nós...

Se não relaxarmos, vamos pra terra dos pés juntos,rsrs beijos,chica

Lillian Marques disse...

Nem cheguei nesse ponto ainda... mas já fico pensando o que vai ser de mim!!!
É meu bem, tenta relaxar pelo menos tenta!

Sonhadora disse...

Minha querida

Vi-me em cada palavra...mas as mães só desligam, quando não estiverem cá mais...só aí descansamos.

Deixo um beijinho
Sonhadora

✿ chica disse...

Voltei pra te agradecer o carinho por lá!um beijo,boa noite,chica

SBIE disse...

E aí como foi de aniversário de blog??
Parabéns novamente

Carla Farinazzi disse...

Oi Lídia,

Se você conseguir a receita, por favor, me passa. Eu não consigo também. Parece que minha filha ainda é aquela menininha de 6, 8 anos de idade... Já está uma moça e não consigo desligar de tanta preocupação. Acho que não vou conseguir nunca.

Um beijo

Carla

cinha disse...

Oi Lídia! Tem tempo que não comento um post seu, ando sem tempo, mas sempre leio. Este eu não resisti, talvez por eu estar passando por isso tbm, sei lá, mas é muito difícil mesmo não nos preocuparmos com eles, nunca sabemos quando é que chegou a hora de não fazermos tantas perguntas. Eu ainda me pego perguntando tudo e escuto as mesmas respostas que vc. Será que eles são feito em série? kkkkk
Bem amiga, eu acho que mãe é mãe seja lá com que idade eles estejam, e mesmo que chegue o dia em que eu consiga controlar meu instinto e não faça mais tantas perguntas, até porque eu já sei quais são as respostas, mesmo assim não abro mão do bj nele e nem tão pouco de perguntar se ele quer comer alguma coisa, seja lá a hora que for!rsrsrs. Adorei o post e aproveito pra te desejar um Feliz Dia das Mães. Um bj carinhoso.

ONG ALERTA disse...

Máe faz mágica para o resto da vida, beijo no coraçáo Lisette.

Júlia Klopper disse...

Obrigada por me aceitar como amiga no blog. bjs Julia !!