Muito bom te ver aqui

9 de novembro de 2010

Como é Grande o Meu Amor Por Você

Passei dois meses me fazendo de boba, de esquecida entre o orgulho de ver meu passarinho voando alto e uma ponta de “há isso vai passar, e ele não vai”
E aqui estou eu, dois dias lavando e passando e fazendo a sua mala, tentando lembrar de tudo que ele possa precisar, por falar nisso,  minha vontade e arrancar tudo da mala me dobrar e me enfiar na mala, afinal tudo que ele precisa sou eu kkkkkkkkkkkkkkkkk (riso) ate parece né?
Tudo que ele precisa e de suas asas, câmera e o notebook, e além do mais tenho outra metade de mim aqui precisando de mim. (doce engano rsrs,  ele também já esta homem)
Ta , ta , ta eu sei que estou ficando chata, depremida e chorona.
Eu sei que sou mais que uma mãe, sou uma mulher, tenho meu marido, gato, cachorro e um filho, irmãs e pai que precisa de mim.
Mas... (lagrimas) e minha outra metade que esta indo!
Há! Quer saber? Vou para cozinha chorar...
Meu querido te desejo só uma coisa, que você seja feliz e que você voe muito, e leve também na bagagem o que eu e seu pai te ensinamos:
Respeitar os outro principalmente os mais velhos, honestidade, coragem, amizade, amor.
Meu querido lembre se que se você precisar eu estarei sempre aqui te esperando de braços abertos.
Te amo muito , meu filho.
Engraçado,  me veio agora na memória seu choro no momento que você saiu de dentro de mim, não sei explicar, mas lembra o momento do parto,  me deu até uma certa paz rsrs.
Boa viagem!
Algumas recomendações:
Não aceite balas ou doces de estranhos.
Se agasalhe
Se alimente  
Cuidados com estranhos e estranhassss TAMBÉM!
(Isso e uma brincadeira que às vezes eles fazem comigo quando eu fico dando conselhos quando eles precisam sair e dormi fora)

Quero que sempre que você ouvir essa musica lembre-se da sua mãe que te ama muito. 




  

  
Eu tenho tanto prá lhe falar,
Mas com palavras não sei dizer
Como é grande o meu amor
Por você.
E não há nada prá comparar,
Para poder lhe explicar
Como é grande o meu amor
Por você.
Nem mesmo o céu,
Nem as estrelas,
Nem mesmo o mar
E o infinito não é maior
Que o meu amor,
Nem mais bonito.
Me desespero a procurar
Alguma forma de lhe falar
Como é grande o meu amor
Por você.
Nunca se esqueça,
Nem um segundo,
Que eu tenho o amor
Maior do mundo.
Como é grande o meu amor
Por você. (2x)
Mas como é grande
O meu amor por você!

11 comentários:

Chica disse...

Pronto,a chorona aqui já se babou toda...SEI MUIIIIIIIITO BEM o que é isso.Ele vai pro exterior?

Boa sorte e tu, te acalma,relaxa e espera as visitas...beijos,chica

Silvia disse...

Ai mães!!!
Que seu filho leve muita sorte, e Deus nas bagagem...

Beijos

Andréa disse...

Oi Lidia!!! Fico imaginando como está o seu coraçãozinho, apertadinho, mas sabemos que quando chega a hora eles vão mesmo bater as asas e partir para um futuro melhor.
Chore amiga, acho que eu tb não vou aguentar quando um dos meus filhos resolverem bater as asas, a Samara já disse que vai fazer o vestibular no final do ano que vem, pois termina o 2º grau, e vai para BH tentar o primeiro vestibular se passar ela vai ficar por lá, eu já fico com o coração apertado só imaginando a minha pequena indo embora, mas o que podemos fazer, apenas aconselhar, conversar e desejar muita sorte.

Amiga desejo a seu filhote muita sorte nessa nova fase de sua vida, e a vc minha linda fique tranquila, vcs podem se falar todos os dias, pela net.

beijos e uma ótima viagem para ele e que Deus o acommpanhe em cada passo que ele der.

LUFE disse...

Lidia,

É bem isso que você postou.
Abrir as asas pra dexar sair em voo solo é duro
Mas a gente sobrevive....rs

bjo

Carla Farinazzi disse...

Lídia,

Sei bem o que você sente, me emocionei com tudo o que disse. Como é difícil esse "desgarrar". E o é pra sempre, tenham eles quantos anos tiverem.Como é grande esse amor.
Sabe, uma vez li um texto do poeta Khalil Gibran Khalil, você já deve conhecer, sobre os nossos filhos.
Ele diz algo mais ou menos assim, que nossos filhos não são nossos filhos; são os filhos e as filhas da ânsia da vida por ela mesma e que nós somos o arco do qual esses filhos são arremessados à vida, como flechas vivas. E ele termina dizendo que o Arqueiro (que é Deus, imagino eu), ama tanto o arco como as flechas.
É como eu me lembro desse texto. E me foi tão forte, à epoca, como é até hoje, a cada minuto que vivo com minha menininha (14, já).
Porque eu também já fui flecha. E nesse momento, sou arco...
Mas que é difícil... ah, isso é!

Beijos, minha querida

Carla

VaneZa disse...

Só esqueceu de dizer pra ele usar filtro solar rs.

Adorei as fotos... muito lindas.

BeijoZzz

Daniel Savio disse...

Menina, mesmo não querendo, uma dia temos de crescer (mesmo que para nossa mãe, sempre seremos os xodós dela)...

E boa viagem ao teu filho.

Fique com Deus, menina Lídia Ferreira.
Um abraço.

Lost in Japan Blog disse...

não é fácil né Lidia... eu entendo bem do seu sentimento, pois tb precisei me afastar dos que amo...

desejo muitas felicidades e boa sorte ao seu filho, em sua estadia em um outro lugar. Que tudo corra bem, e que logo vc vá visitá-lo para matar as saudades.

bjs e bom dia

Geisa Machado disse...

Pois é minha querida, cortar o 1º cordão umbilical (que é quando eles nascem) é fácil. Difícil é cortar o 2º cordão (que é quando os soltamos para o mundo). Como eu também sou mãe, me emocionei ao ler o seu texto e senti a sua dor. Mas se queremos que eles sejam independentes e tenham sucesso na vida, não devemos impedir que isto aconteça, não é? Chore bastante, mas veja a saída dele com muita alegria. Ele precisa desta sua confiança para ir tranquilo e se dar bem.
Vi as fotos e achei o seu filhote lindo. Adorei a foto dele rezando no altar de bebidas. ahahahah
Que ele tenha muito sucesso nesta viagem e que um montão de coisas boas lhe aconteçam.
Querida, coloquei o post do niver e os selos. Eliminei um, porque ele estava dando muito trabalho, não queria encaixar de jeito nenhum. No final achei que ficou bom só os 3. Dá uma chegadinha lá e deixe a sua ótima energia na comemoração. Obrigada, mais uma vez, pelo seu carinho e atenção.
Bjussss

Mauro S disse...

Oi Lidia, teu filho viajou para onde?
"Não aceite balas ou doces de estranhos.
Se agasalhe
Se alimente
Cuidados com estranhos e estranhassss TAMBÉM!"
Até parece minha mãe quando eu estudava, e isto é uma preocupação de todas as mães, pais, todos que amam, mas é assim mesmo, mesmo que eu não seja pai, é uma parte da gente, saber que alguém que a gente ama está saindo, no caso dele, teu filho, em buasca de novos horizontes.
Um grande beijo, e muito, muito, muito linda esta música.

Misturação - Ana Karla disse...

Lídia que homenagem liiiinda!
Estou completamente emocionada.
Os meus queridinhos são pequeninos e pensei logo neles.
Ai ai ai.
Olha, muitas felicidades para seu filho, aliás para a família toda.
Xeros