Muito bom te ver aqui

21 de outubro de 2009

O poder dos Palavrões

Eu não acreditava muito nessa teoria que os palavrões nós desestressa e nos coloca o eixo. Mas e a mais pura verdade, um palavrão dito na hora certa, para pessoa certa, nos alivia muito, eu tive essa prova. Depois de muito chora e cansada de ouvir desaforos do meu ex marido por telefone no meu trabalho, foi no final dessa discussão ele deferiu a facada
- Você já passou 20 anos na minha costa e ainda quer continuar isso sim
Silencio pesado
-Olha meu chefe chegou não posso falar mais, depois te ligo. Desliguei e me escondei na cadeira , Naquele momento eu vi passar diante dos meus olhos toda minha vida, conheci meu ex com 15 anos, fiquei noiva com 16, casei com 24, dei dois filhos lindos , quando nosso primeiro filho nasceu, ele não quis que eu trabalhasse ,porque ele dizia que nosso filhos teriam duas educações uma nossa e outra dos meus pais , já que nosso filho ficava com minha mãe para eu poder trabalhar,e já que o salário dele era suficiente , então lavei , passei, cozinhei , trabalhei como empregada por mais de 20 anos, sempre colocando minha família em primeiro lugar, e agora ele me diz isso, nossa como doeu
Mas não sei como a dor passou, eu olhei em volta vi a minha sala aonde eu trabalhava, depois de 20 anos fora do mercado de trabalho, sem muito conhecimento eu havia conseguido um emprego, olhei para minha bolsa, graças a Deus não faltava dinheiro, meus filhos com saúde, olhei para o relógio falta pouco para eu me encontrar no barzinho como minha paixão, um homem mais jovem, que me dizia a todo instante o quando eu era importante e me fazia me sentir cada dia mais linda e desejável, tornei a olha a sala vazia, já que na verdade meu chefe tinha ido viajar já que era véspera de feriado.
Então peguei o telefone, e como a voz mais doce e do mundo, liguei para o ex
-Oi sou, eu me esqueci de te disser uma coisa muito importante, você tem um minutinho?
Ele com uma voz tão meiga e amável de quem estava com a consciência pesada, a muito eu não o ouvia esse tão de voz
-Claro Li, pode falar
Então respirei fundo e...
Gritei... Mas não era um gritinho era um grito a todo vapor cheio de emoção
-FOOOOO-DAAAAAAAAAAAAAA -SEEEEEEEEEEEEEE
Bati o telefone, minhas pernas bambas, senti meu rosto vermelho, quando comecei a imaginar a cara de panaca, mudo os olhos arregalados do outro lado da linha, cai na gargalhada... E com orgulho restaurado,levantei arrumei o cabelo peguei a bolsa e sai,Gente foi maravilhoso o sentimento de liberdade e a parti dali nunca mais ele me desrespeitou, ainda hoje começo a rir todas as vezes que me lembro
VEJA O VIDEO ABAIXO E APRENDA RSRRS e muito bommmm

10 comentários:

Lydia disse...

Parabéns Lí!

Sua história é um exemplo de superação e auto estima.

Tomara que muitas mulheres leiam seu post e tomem como exemplo!

E palavrão desestressa mesmo!

Parabéns pelo seuFOOOOO-DAAAAAAAAAAAAAA -SEEEEEEEEEEEEEE kkkkkk

Elaine Barnes disse...

Olá! Claro que eu já sabia de tudo isso e quero parabenizá-la pelo palavrão. Um alívio pra alma! Os próximos saem mais fáceis rs...Não se preocupe porque ele já está tendo o que merece!Mas, adorei a maneira como descreveu, ficou ótimo!Uma escritora. kkk
Qto ao sentimento do post,não é meu. Respondi um conflito de um ator que questionava o público, a arte, estava "maus"com uma peça que havia lançado e não saiu como ele queria(foi o que senti no post dele que nem sei se é verdadeiro ou se ele escreveu aquilo porquê quis). Aí fui respondendo como sendo ele. Postei no blog dele como comentário. Saiu assim minha resposta. Resolvi então postar no meu rs...Ninguém gosta de falar da morte,mesmo sendo simbólica.
Uma amiga me contou um evento e pediu que eu descrevesse pra ela, tb não era sentimento meu,escrevi, ela adorou! Meio louco,mas, se quiser dá um pulinho lá no geograficamente in da OCAA. Chama-se " Na altura do Olimpo" bjs amiga

Ricardo Calmon disse...

O berro brado,de guerreira mulher,como multidões delas,o início de tudo,em vidas nossas,sendo aviltada e menosprezada ,por só ser,Mulher,Mãe,Amiga como nenhuma outra,é isso aí,miga amada linda nossa,solte sua franga...e vamu qui vamu!


Viva Vida!

Ricardo Calmon disse...

Atitude siempre!

Liberté,Egalité,Fraternité!


Viva Vida!

Bordados e Retalhos disse...

Ai que legal. Adorei!Bjs

Bordados e Retalhos disse...

Ai que legal! Adorei. Bjs

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

OOi Lídia, Parabéns de novo pelo blog e meme, e Obrigado pelo oferecimento de meme a mim.

As vezes é bom soltar uns palavrões. hehe, mas tudo na medida tb, ninguém é obrigado a ouví-los.hehe

Fala baixinho: filha da p#@$% , filha da p#@% huauauaua

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

Ótimo fim de semana!

Jakeline Magna disse...

Retribuindo o Carinho que sempre recebo vc e do seu blog, estou deixando um selinho personalizado de presente para vc no meu blog, dê uma passadinha por lá e pegue seu presentinho...

O endereço do link : http://jakelinemagna.blogspot.com/2009/10/selinho-de-presentinho-para-os-melhores.html

beijos da amiga Jake...

TiO - ZéH disse...

Muito bom o video rsrsrs...
concordo que Nilópolis é longe pra karali... kkk